História



Aveiro é uma cidade e município do estado do Pará. Situa-se na mesorregião Sudoeste do Pará. O município ocupa uma superfície de 17158 km² e tem uma população de cerca de 15 mil habitantes.

Tem a sua origem numa aldeia de índios Mundurucus (tapajós-tapera) que foi elevada a freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Aveiro em 1781. Essa aldeia obteve a denominação portuguesa de lugar de Aveiro, por ato do governador e capitão-general, José de Nápoles Tello de Menezes, em 23 de agosto de 1781, que nomeou, na mesma ocasião o morador Francisco Alves Nobre para administrá-la. Constatou-se, nos registro oficial a existência antes de 1781, da freguesia de Nossa Senhora da Conceição do Aveiro, do que se concluiu, portanto, que o ato de criação desse lugar foi somente uma confirmação, pois o local já era conhecido como Aveiro. (Fonte: IBGE) Aveiro foi elevado a município em 1883 e compreende atualmente os distritos de Aveiro, Brasília Legal e Pinhel.

No município está a localidade de Fordlândia, restos do que foi um fracassado projeto de plantação de seringueiras, às margens do Rio Tapajós, patrocinado por Henry Ford e propriedade da Companhia Industrial Ford do Brasil. De 1927 a 1945 a Ford gastou milhões de dólares no que seria uma cidade modelo norte-americana no coração da mata Amazônica.

História

História da cidade de Aveiro

As origens do município remontam à época da formação de uma aldeia de índios Mundurucus, denominada tapajós-tapera, localizada à margem do rio Tapajós, e que alcançou grande progresso.

Essa aldeia obteve a denominação portuguesa de lugar de Aveiro, por ato do Governador e Capitão-general, José de Nápoles Tello de Menezes, em 23 de agosto de 1781, que nomeou, na mesma ocasião, o morador Francisco Alves Nobre para administrá-la.

Constatou-se, no registro oficial a existência antes de 1781, da freguesia de Nossa Senhora da Conceição do Aveiro, do que se concluiu, portanto, que o ato de criação desse lugar foi somente uma confirmação, pois o local já era conhecido como Aveiro.

Gentílico: aveirense

Formação administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Nossa Senhora da Conceição do Aveiro, em 1781.

Pela lei provincial nº 148, de 18/11/1848, a Vila de Nossa Senhora da Conceição do Aveiro foi extinta, sendo seu território anexado ao município de Itaituba.

Elevado novamente à categoria de vila com a denominação de Aveiro, pela lei nº 1152, de 04/04/1883, desmembrado de Itaituba. Sede na vila de Aveiro. Constituído de 2 distritos: Aveiro e Brasília Legal. Desmembrado de Itaituba. Reinstalada em 01/07/1884.

Pela lei municipal nº 4, de 12/02/1892, são criados os distritos de Pinhal, Rio Cupari e Uruçagui e anexados ao município de Aveiro.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 5 distritos: Aveiro, Pinhal, Rio Cupari, Uruçagui e Brasília Legal.

Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Aveiro, pelo decreto estadual nº 78, de 27/09/1930.

Pelo decreto estadual nº 6, de 04/11/1930, o município de Aveiro, foi extinto, sendo seu território anexado ao município de Santarém.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, Aveiro figura como distrito do município de Santarém.

Pela lei estadual nº 8, de 31/10/1935, o município, é extinto novamente sendo seu território anexado ao município de Santarém.

Elevado novamente à categoria de distrito com a denominação de Aveiro, pelo decreto-lei estadual nº 3131, de 31/10/1938, com território desmembrado do distrito Alter do Chão e anexado ao município de Santarém.

No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o distrito de Aveiro figura no município de Santarém.

Em divisão territorial datada de I-VII-1950, o distrito de Aveiro permanece no município de Santarém.

Elevado à categoria de município com a denominação de Aveiro, pela lei estadual 1127, de 11/03/1955, desmembrado de Santarém e Itaituba. Sede no antigo distrito de Aveiro. Constituído de 2 distritos: Aveiro e Brasília Legal.

Pelo Acordão do Supremo Tribunal Federal de 04/10/1955, a criação foi anulada, voltando seu território a categoria de distrito e pertencendo ao município de Santarém e Itaituba.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de Aveiro permanece no município de Santarém.

Elevado à categoria de município com a denominação de Aveiro, pela lei estadual nº 2460, de 30/12/1961, desmembrado de Santarém e Itaituba. Sede no antigo distrito de Aveiro. Constituído de 3 distritos: Aveiro, Brasília Legal e Pinhal. Instalado em 10/04/1962. Distrito de Pinhal criado com a mesma lei acima citado.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Aveiro, Brasília Legal e Pinhal.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte: IBGE

Síntese das Informações:
Área da unidade territorial - 2016: 17.074,052: km²
Estabelecimentos de Saúde SUS: 6: estabelecimentos
Matrícula - Ensino fundamental - 2015: 3.159: matrículas
Matrícula - Ensino médio - 2015: 733: matrículas
Número de unidades locais: 53: unidades

Pessoal ocupado total: 764: pessoas

PIB per capita a preços correntes - 2014: 5.696,42: reais

População residente : 15.849: pessoas

População residente - Homens: 8.367: pessoas

População residente - Mulheres: 7.482: pessoas

População residente alfabetizada: 11.382: pessoas

População residente que frequentava creche ou escola : 7.056: pessoas

População residente, religião católica apostólica romana: 11.366: pessoas

População residente, religião espírita: -: pessoas

População residente, religião evangélicas: 4.049: pessoas

Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Rural: 758,82: reais

Valor do rendimento nominal médio mensal dos domicílios particulares permanentes com rendimento domiciliar, por situação do domicílio - Urbana: 993,67: reais

Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Rural: 103,00: reais

Valor do rendimento nominal mediano mensal per capita dos domicílios particulares permanentes - Urbana: 120,63: reais

Índice de Desenvolvimento Humano Municipal - 2010 (IDHM 2010): 0,541: 

Fonte:IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Municípios limítrofes: Juruti, Belterra, Santarém e Rurópolis

Prefeito: Vilson Correa (PMDB)

CEP: 68150-000



Enviar por e-mail Imprimir

Fale conosco

Mande suas críticas e sugestões para o portal

Contato

Imprensa

Se você é imprensa cadastre-se e receba as notícias fresquinhas

Cadastre-se

Curta

Av. Humberto de Álvares Frazão, s/n - (93) 3505-1125

Horário de atendimento: 8h30 às 12h | 13h30 às 17h30

Visualizar mapa